Linhas traçadas

Caro destino,

Espero que entenda o meu lado. Vá com calma, pois não está sendo fácil. Sei que nada é por acaso, “mar calmo nunca fez bom marinheiro”, mas me ajude.

Peguei na tua mão e seguimos, por aí. Com um único rumo, a alegria. Nas batidas do relógio da vida, escutei cada tic-tac com atenção. Te agradeço imensamente por ter posto o amor na minha vida. Todas as pedras um dia servirão para marcar o nosso caminho. Os obstáculos serão nossa ponte.

Um dia nós riremos de todos os nossos medos, de todas as nossas imaturidades quando crianças.

O que guardo em minha caixa são memórias. Memórias de dias em que vivi intensamente. Aprendi que quando Deus fecha uma porta, abre mil e uma janela.

Talvez eu seja a montanha mais verde dessa vida. Talvez o céu mais azul. Também a água saciadora de paixão. Ou somente eu mesmo. Te peço que ponha em minha vida coisas boas, e um pouquinho de devaneios, pois se vivêssemos só de flores, o ser humano não teria o seu valor.

Ainda espero que o tempo cure as minhas feridas, mas preciso de um remédio, paz.

                                                                Atenciosamente, Jorge Philipe.

unnamed
Imagem Tumblr/ Caro Destino

Fanpage do blog – Pedaços da Minha Vida

Instagram – Pedaços da Minha Vida

 

Anúncios

9 comentários sobre “Linhas traçadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s