Aquele tempo

No tempo que eu era criança existia brincadeira

A rua lotada, o calor subindo e o suor descendo.

As pedras do calçamento do logradouro,

Guardavam histórias, histórias de vidas.

Dizem que quando a morte chega,

Ela sai rasgando a alma com prazer.

Subtrai todo esse pecado em choro,

Ecoando pelas mazelas do coração.

Minha ignorância segue pelo rio de memórias.

Será que eu sei o sentido da vida?

Ou só brinco de pintar palavras como arte.

Pintar palavras, em uma obra mais bela que a vida.

No tempo que eu era criança existia brincadeira.

As pessoas sorriam sem parar.

wp-1469656675184.jpg
Imagem Tumblr/ Quando Crianças

Fanpage do Blog – Pedaços da Minha Vida

Anúncios

7 comentários sobre “Aquele tempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s