Vento, sabiá

 

Vento que leva a vida, não me carregue antes

De um dia eu conhecer o meu grande amor.

Quando me apegar às rosas, irei preparar um

Buquê à ela, das mais tingidas flores.

Faço jus ao melhor do seu ser.

Contei ao sabiá o que queria dizer a eu mesmo.

Desabafei sobre a minha árdua paixão.

Imagem Tumblr/ Nosso Amor, Com Flores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s