Minha razão é diferente da sua razão, mas, convivemos no mesmo espaço

cropped-wp-1486864913954.jpg

Vivemos num meio heterogeneizado. Teses diferentes circulam o mesmo espaço. Ideais misturados no mesmo lugar. Temos percepções distintas para um mesmo objeto. Entendimentos diferentes. Só não tente impor seus valores acima dos outros. Sua opinião não é a única que vale.

Não é ir pelo pensamento alheio, é ouvir o próximo. Há pessoas que transbordam palavras, que seus argumentos chegam a sufocar-nos, mas não sabem escutar. Às vezes mudamos nossos conceitos por uma simples conversa (também por algum fato qualquer). Digo isso pois já aconteceu comigo, e atire a primeira pedra quem nunca passou pelo mesmo.

Para uma música, um livro ou até uma simples palavra há sete bilhões de interpretações divergentes. Normalmente, nossas análises têm haver com algum ocorrido em nossas vidas ou o que ainda ocorre.

Também não julgue se não condizer com seus gostos. Cada um tem sua preferência. Mesmo que não seja algo concretizado (com um pé atrás, ainda na dúvida de atestar “certo” para mim). Meu ponto de vista, meus conceitos. Seu ponto de vista, seu entendimento. E é assim que o sistema deve ser gerido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s