Você é o que tenta transparecer?

self-portrait-1707955_960_720Sim, esse sou eu. (Posso até dizer noutra língua: yes, that’s me.) E nos parênteses que abrimos nessa vida, é que sigo essa longa jornada. Pois às vezes, precisamos pensar mais em nós mesmos. Esquecer o que vão falar. Chegar no espelho, olhar mais profundamente e dizer “é assim que sou”. Carregamos tantos pesos em nossas costas pelo que tentam nos induzir a ser (pesos que não são nossos e, por ventura acabadam sendo), que cansados. Eu cansei. É tanto plástico querendo se passar por vidro, tanta vela fingindo-se de lâmpada, tanta pessoa tentando ser quem não é.

É um jogo de empurra-empurra. Pomos a culpa em quem não deve, mas, os reais culpados somos nós, de nos tornamos maleáveis – carregados feito água de um rio. O dia a dia tornou-se uma grande peça. A humanidade virou uma grande companhia de atores e o enredo dessa peça é “A Vida que Tentamos e Queremos Ter, Mas Não Podemos”. Pois uma vez a cena acabará. Aquele grande pano vermelho cobrirá o palco e você estará lá, escondido atrás da cortina tentando aparecer novamente para a plateia. Só que a plateia foi embora. Depois de bater palmas, partiu. Sobraram-se somente as cadeiras e um enorme salão vazio. E outro grande vão entre você e você mesmo. É hora de assumir a realidade.

Por que tentar ser pássaro se não tem asa? Por mais que tente mostrar algo que não te pertence, o que realmente é seu será mostrado. É um grande show de quem vive melhor. Ninguém faz sucesso sem ter o próprio sucesso. Seremos reconhecidos pelo que fazemos de melhor. Cada um tem sua qualidade. Mesmo que esteja escondido à sete chaves, temos. Há pessoas também que preferem esconder suas melhores qualidades de quem não merece e usá-las somente ao merecedor.

Se você está triste, esteja triste, seja triste. Não precisa usar um falso sorriso. Se está com dor, sinta a dor, chore, grite… Não precisa se desdobrar por dentro. Se equivocar-se, vá lá, erre mil vezes (mas volte sempre atrás e acerte seus desentendimentos, pelo amor de Deus!). Se estiver feliz, pule, sorria, festeje. Faça ou seja o que te faz sentir bem e ser melhor como pessoa. Não há mistério nem dificuldade.

Tentamos esconder nossos lados, justamente os lados que as pessoas gostam menos pois não condizem com seus conceitos. (Sejam esses maus lados, indico tentar mudar.) Se é um bom lado, está perdendo tempo. Ninguém nasceu para agradar ninguém. Se sente-se bem sendo ou vivendo algo, por que esconder, pois eles que te reprimem dizem que “o que é bom é para ser mostrado”? Mais vale os outros te criticando e você pouco ligando e contente do que insatisfeito dando ouvidos ao que te mandam fazer.

Anúncios

5 comentários sobre “Você é o que tenta transparecer?

  1. Seus textos são sinceros.sensatos e objeti os esse é o diferencial…
    Você escreve de forma simples mais é agradável e desperta a nossa curiosidade de ler seus textos até o fim.
    Ao ler seus textos conseguimos encontrar palavras sinceras e sem qualquer preocupação spnre o que os outros vão pensar ou falar e isso é legal e admirável…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s