Quando tu fores

 

man-751577_960_720.jpg

A gente se indaga

tanto, com dúvidas

já esclarecidas.

Faz parte ser delicado,

todavia suavidade demais

atrapalha.

(tudo demais atrapalha).

 

Foi tão simples dizer

nossas verdades.

O quão doloroso

fora sentir aquela chuva

de sílabas entoar

por dentro de mim.

 

Sinto falta daquele

beijo tão estonteante,

que chego a subir

acima dos limites do céu.

 

Esse meu lado despertara

feito uma fera ao reerguer–se

sedenta de força.

Como o fogo consome

um corpo inflamável.

 

Peço a ti que quando

tu partires, deixe aqui

um pedaço seu, para

eu nunca mais esquecer

de você. E, se por ventura,

minha memória falhar

da tua existência,

volte aqui e relembre–me.

Anúncios

4 comentários sobre “Quando tu fores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s